quarta-feira, 15 de agosto de 2012

um segredo



“Para seus amigos, o fato de encontrar a satisfação no nada, no pueril, num pedaço de linha ou num solo de Stan Getz, indica um lamentável empobrecimento; não sabem que também se encontra no outro extremo, numa soma que se recusa a si mesma e vai aniquilando e escondendo, mas que a caçada não tem fim e que não acabará [...]”

O Jogo da Amarelinha (cap. 74)

Nenhum comentário:

Postar um comentário